Uma das tarefas mais difíceis enfrentadas pelos donos ou gestores de restaurantes é a gestão financeira e o controle de custos. Monitorar e gerenciar todos os gastos de um negócio e manter as contas dentro de valores previamente estipulados não é nada simples. Isso porque um restaurante pode enfrentar diversos imprevistos, fazendo com que as despesas superem o planejado.

Realizar o controle de custos em restaurantes envolve controlar o caixa, gerenciar os funcionários, negociar com fornecedores, monitorar o estoque e diversas outras funções. Todos estes detalhes impactam as finanças do negócio, sendo essenciais para o sucesso do estabelecimento.

Caso esteja em busca de formas de melhorar o controle de custos em seu restaurante, este post é pra você! Confira a seguir e veja como gerenciar as finanças e assegurar os lucros!

Mantenha um bom relacionamento com os fornecedores

Deseja reduzir os gastos com a compra de alimentos, produtos e materiais? Então é muito importante manter o contato contínuo com os fornecedores, garantindo assim um bom relacionamento e auxiliando nas tratativas.

O bom relacionamento com os parceiros permite que os gestores dos restaurantes negociem melhor os contratos e consigam obter melhores condições de pagamento. Isso ajuda a reduzir os gastos com compras, favorecendo os lucros do negócio.

Padronize os processos

Para controlar melhor o restaurante e todos os seus custos, uma ótima dica é padronizar todos os processos internos. Desenvolvendo procedimentos a serem seguidos, é possível garantir que todos os funcionários realizem as tarefas devidamente.

Além de evitar que sejam feitos alimentos diferentes ou atendimentos sem padronização, isto garante que os processos sejam realizados da forma mais barata.

Controle o estoque

Todos os gestores sabem que muitos itens estocados representam “dinheiro parado” e, consequentemente, fluxo de caixa retido. Além disso, quando se trata de restaurantes, têm-se muitos alimentos perecíveis e produtos com data de validade armazenados, o que exige cuidados especiais e um controle mais detalhado. Por isso, deve-se evitar armazenar muitos itens.

Também é muito importante que seja feito o controle por data de validade sempre que produtos forem estocados. Não controlar o estoque corretamente pode levar à perdas e impactar as contas do restaurante.

Liste os custos fixos e variáveis

Para controlar os custos de um restaurante, é preciso conhecê-los. Por isso, todos os gestores e proprietários necessitam apontar todos os custos fixos e variáveis do estabelecimento.

Os custos fixos são todos os gastos que o estabelecimento tem que arcar mensalmente para manter sua operação, como, por exemplo, a folha de pagamento dos funcionários.

Já os variáveis são todos os custos que oscilam, como contas de luz, água, compra de alimentos entre outros. Estas despesas variam de acordo com a demanda ou uso, podendo ser racionados e gerenciados, fazendo com que os lucros sejam potencializados. Sendo assim, os gestores dos restaurantes devem buscar maneiras práticas de reduzir os custos na empresa.

Monitore o fluxo de caixa

Por último, para melhorar o gerenciamento de custos de um restaurante é fundamental que seja feito o controle do fluxo de caixa. Ao monitorar as entradas e saídas, é possível acompanhar quanto se tem disponível para investimentos e melhorias. Esta atitude também permite que sejam detectados pontos que carecem de cuidados ou podem ser economizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *